Você não está autenticado.

Anúncio

Arch Linux Brasil está precisando de sua colaboração para realizar o pagamento do domínio e do host, para colaborar, realizar doações via paypal.

Para mais informações: contato at archlinux-br.org.

#1 Re: Dúvidas gerais » Curiosidade Sistema quebrar -Syu » 10/10/2018 16:54:33

Sim já aconteceu comigo. Não somente quebrar mas é comum ao atualizar alguma coisa deixar de funcionar.
Mas isso é raro.
E intervenção manual é necessária algumas vezes e informada pelo site do Arch Linux. Aliás foi em uma dessas que deu pau aqui.
Porém nada que não se resolva. Eu aproveitei e reinstalei tudo novamente para fazer uma limpeza. Isso de uma instalação de 12 anos.

(Parei a muito tempo de receber e-mail deste fórum e hoje voltou. Mas voltou com posts de Setembro!!!!)

#2 Re: Pacman, ABS, AUR & problemas de atualização » Pacote AUR em mirror Brasil difere suspeitamente de AUR WorldWide » 06/12/2017 18:30:18

No AUR esta ok. Acabei de recolocar o mirror brasil para mostrar e advinha só? Sites oficiais para downloads no PKGBUILD. Esquisito né? Eu devia ter guardado o anterior mas quando coloquei o mirror worldwide ele foi sobreposto.
Seja o que for. Não confio mais em mirror brasileiro.

#3 Pacman, ABS, AUR & problemas de atualização » Pacote AUR em mirror Brasil difere suspeitamente de AUR WorldWide » 04/12/2017 15:44:44

kernill
Respostas: 4

Fui atualizar o visual-studio-code no AUR e fui checar o PKGBUILD. Havia algo estranho. Os links de downloads eram bit.ly e outros de origem não conhecida.
Fui então no site oficial AUR checar o PKGBUILD e para minha surpresa lá era totalmente diferente. Fazia download das fontes oficiais.
Seja o que for desabilitei os mirrores Brasil e deixei o WorldWide por segurança.
Fica o alerta, ou se for normal fica a dúvida.

#4 Programação geral » Que acontece com o GCC 4.9.1 e seus includes? » 26/10/2014 18:18:50

kernill
Respostas: 2

Depois da ultima atualização não consigo compilar mais nada por causa de erros nos includes nativos.

Já peguei um erro de #endif não fechado em range_access.h
e agora este /usr/lib/gcc/x86_64-unknown-linux-gnu/4.9.1/include/stdbool.h:35:1: error: comentário não terminado

Alguem já teve estes problemas por ai?

#5 Re: Off-Topic » Porque não recebo atualizações do fórum regulares? » 20/07/2014 18:54:33

Fui ver e já estava tudo marcado. Para você ter uma idéia eu não recebi sua resposta.

#6 Re: Ambientes gráficos » [Resolvido]XFCE não pergunta a senha do root » 15/07/2014 21:50:21

sistematico escreveu:

Acho que isso é coisa do PolKit.

Sistematico, para que serve este polkit em poucas palavras? Tenho um Debian no Amazon AWS e la esta este polkit que não sei o que faz de fato. Sempre pensei que fosse algo relacionado a ambientes gráficos mas não há ambiente gráfico neste Debian. Fiz instalei alguma coisa tipica de servidor e apareceu ele após um reboot.

#7 Off-Topic » Porque não recebo atualizações do fórum regulares? » 15/07/2014 21:43:16

kernill
Respostas: 5

Não recebo os novos posts pelo e-mail. As vezes recebo discussões já em andamento, as vezes respostas (novas) de posts mais antigos que minha inscrição aqui. É ruim acompanhar assim pois não fico entrando todo dia no fórum normalmente pelo e-mail vejo algo interessante e então vou para o forum.

#8 Re: Ambientes gráficos » Gnome e consumo de memoria » 08/06/2014 13:47:34

Procurei por ai uma comparação de consumo mas não achei nada plausível. Achei um recente aqui:
http://flexion.org/posts/2014-03-memory … ments.html
Desktop Environment  | Memory Used |
| ---------------------|------------:|
| Enlightenment 0.18.8 |    83.8 MiB |
| LXDE 0.5.5           |    87.0 MiB |
| XFCE 4.10.2          |   110.0 MiB |
| LXQt 0.7.0           |   113.0 MiB |
| MATE 1.8.1           |   123.0 MiB |
| Cinnamon 2.2.13      |   176.3 MiB |
| GNOME3 3.12.2        |   245.3 MiB |
| KDE 4.13.1           |   302.6 MiB |
| Unity 7.2.0.14       |   312.5 MiB

O sujeito mediu usando um archlinux em um ambiente virtualbox.
Quanto a opção OpenBox é isso mesmo. É o que uso atualmente e fica na faixa dos 300Mb por causa do Cairo-Dock e Conky. Outra coisa que consome é o gerenciador de usuários, o GDM é consumista. Uma opção rápida é o SLIM.

#9 Re: Redes e internet » Como criar compartilhamento no Samba Windows-Linux público sem senha? » 07/06/2014 09:43:23

Segue meu smb.conf. De fato a conversa com o windows 7 foi meio traumatica tive que pesquisar, mas como faz tempo que resolvi isto é melhor mandar o arquivo como vc pediu. Lá embaixo ficam as pastas compartilhadas e algumas observações:
As conexões ficam restringidas a rede local 192.168.0.* mude isto se precisar
Somente uma pasta de nome na rede 'writable', mas localmente é um tmp é possível escrever algo, o resto é somente leitura.

 This is the main Samba configuration file. You should read the
# smb.conf(5) manual page in order to understand the options listed
# here. Samba has a huge number of configurable options (perhaps too
# many!) most of which are not shown in this example
#
# For a step to step guide on installing, configuring and using samba, 
# read the Samba-HOWTO-Collection. This may be obtained from:
#  http://www.samba.org/samba/docs/Samba-HOWTO-Collection.pdf
#
# Many working examples of smb.conf files can be found in the 
# Samba-Guide which is generated daily and can be downloaded from: 
#  http://www.samba.org/samba/docs/Samba-Guide.pdf
#
# Any line which starts with a ; (semi-colon) or a # (hash) 
# is a comment and is ignored. In this example we will use a #
# for commentry and a ; for parts of the config file that you
# may wish to enable
#
# NOTE: Whenever you modify this file you should run the command "testparm"
# to check that you have not made any basic syntactic errors. 
#
#======================= Global Settings =====================================
[global]

# workgroup = NT-Domain-Name or Workgroup-Name, eg: MIDEARTH
   workgroup = WORKGROUP
   
   encrypt passwords = yes 

# server string is the equivalent of the NT Description field
   server string = Samba Server

# Security mode. Defines in which mode Samba will operate. Possible 
# values are share, user, server, domain and ads. Most people will want 
# user level security. See the Samba-HOWTO-Collection for details.
   security = user
   map to guest = Bad User
   client lanman auth = Yes
   
    
# This option is important for security. It allows you to restrict
# connections to machines which are on your local network. The
# following example restricts access to two C class networks and
# the "loopback" interface. For more examples of the syntax see
# the smb.conf man page
  hosts allow =  192.168.0.

# If you want to automatically load your printer list rather
# than setting them up individually then you'll need this
   load printers = yes

# you may wish to override the location of the printcap file
;   printcap name = /etc/printcap

# on SystemV system setting printcap name to lpstat should allow
# you to automatically obtain a printer list from the SystemV spool
# system
;   printcap name = lpstat

# It should not be necessary to specify the print system type unless
# it is non-standard. Currently supported print systems include:
# bsd, cups, sysv, plp, lprng, aix, hpux, qnx
;   printing = cups

# Uncomment this if you want a guest account, you must add this to /etc/passwd
# otherwise the user "nobody" is used
  guest account = nobody

# this tells Samba to use a separate log file for each machine
# that connects
   log file = /var/log/samba/%m.log

# Put a capping on the size of the log files (in Kb).
   max log size = 50

# Use password server option only with security = server
# The argument list may include:
#   password server = My_PDC_Name [My_BDC_Name] [My_Next_BDC_Name]
# or to auto-locate the domain controller/s
#   password server = *
;   password server = <NT-Server-Name>

# Use the realm option only with security = ads
# Specifies the Active Directory realm the host is part of
;   realm = MY_REALM

# Backend to store user information in. New installations should 
# use either tdbsam or ldapsam. smbpasswd is available for backwards 
# compatibility. tdbsam requires no further configuration.
;   passdb backend = tdbsam

# Using the following line enables you to customise your configuration
# on a per machine basis. The %m gets replaced with the netbios name
# of the machine that is connecting.
# Note: Consider carefully the location in the configuration file of
#       this line.  The included file is read at that point.
;   include = /usr/local/samba/lib/smb.conf.%m

# Configure Samba to use multiple interfaces
# If you have multiple network interfaces then you must list them
# here. See the man page for details.
 interfaces = lo eth0 wlan0
 
 ;bind interfaces only = yes


# Browser Control Options:
# set local master to no if you don't want Samba to become a master
# browser on your network. Otherwise the normal election rules apply
;   local master = no

# OS Level determines the precedence of this server in master browser
# elections. The default value should be reasonable
;   os level = 33

# Domain Master specifies Samba to be the Domain Master Browser. This
# allows Samba to collate browse lists between subnets. Don't use this
# if you already have a Windows NT domain controller doing this job
;   domain master = yes 

# Preferred Master causes Samba to force a local browser election on startup
# and gives it a slightly higher chance of winning the election
;   preferred master = yes

# Enable this if you want Samba to be a domain logon server for 
# Windows95 workstations. 
;   domain logons = yes

# if you enable domain logons then you may want a per-machine or
# per user logon script
# run a specific logon batch file per workstation (machine)
;   logon script = %m.bat
# run a specific logon batch file per username
;   logon script = %U.bat

# Where to store roving profiles (only for Win95 and WinNT)
#        %L substitutes for this servers netbios name, %U is username
#        You must uncomment the [Profiles] share below
;   logon path = \\%L\Profiles\%U

# Windows Internet Name Serving Support Section:
# WINS Support - Tells the NMBD component of Samba to enable it's WINS Server
;   wins support = yes

# WINS Server - Tells the NMBD components of Samba to be a WINS Client
#	Note: Samba can be either a WINS Server, or a WINS Client, but NOT both
;   wins server = w.x.y.z

# WINS Proxy - Tells Samba to answer name resolution queries on
# behalf of a non WINS capable client, for this to work there must be
# at least one	WINS Server on the network. The default is NO.
;   wins proxy = yes

# DNS Proxy - tells Samba whether or not to try to resolve NetBIOS names
# via DNS nslookups. The default is NO.
   dns proxy = no 

# These scripts are used on a domain controller or stand-alone 
# machine to add or delete corresponding unix accounts
;  add user script = /usr/sbin/useradd %u
;  add group script = /usr/sbin/groupadd %g
;  add machine script = /usr/sbin/adduser -n -g machines -c Machine -d /dev/null -s /bin/false %u
;  delete user script = /usr/sbin/userdel %u
;  delete user from group script = /usr/sbin/deluser %u %g
;  delete group script = /usr/sbin/groupdel %g


#============================ Share Definitions ==============================
[homes]
   comment = Home Directories
   browseable = yes
   writable = yes

# Un-comment the following and create the netlogon directory for Domain Logons
; [netlogon]
;   comment = Network Logon Service
;   path = /usr/local/samba/lib/netlogon
;   guest ok = yes
;   writable = no
;   share modes = no


# Un-comment the following to provide a specific roving profile share
# the default is to use the user's home directory
;[Profiles]
;    path = /usr/local/samba/profiles
;    browseable = no
;    guest ok = yes


# NOTE: If you have a BSD-style print system there is no need to 
# specifically define each individual printer
[printers]
   comment = All Printers
   path = /var/spool/samba
   browseable = no
# Set public = yes to allow user 'guest account' to print
   guest ok = no
   writable = no
   printable = yes

# This one is useful for people to share files
;[tmp]
;   comment = Temporary file space
;   path = /tmp
;   read only = no
;   public = yes

# A publicly accessible directory, but read only, except for people in
# the "staff" group
;[public]
;   comment = Public Stuff
;   path = /home/samba
;   public = yes
;   writable = no
;   printable = no
;   write list = @staff

# Other examples. 
#
# A private printer, usable only by fred. Spool data will be placed in fred's
# home directory. Note that fred must have write access to the spool directory,
# wherever it is.
;[fredsprn]
;   comment = Fred's Printer
;   valid users = fred
;   path = /homes/fred
;   printer = freds_printer
;   public = no
;   writable = no
;   printable = yes

# A private directory, usable only by fred. Note that fred requires write
# access to the directory.
;[fredsdir]
;   comment = Fred's Service
;   path = /usr/somewhere/private
;   valid users = fred
;   public = no
;   writable = yes
;   printable = no

# a service which has a different directory for each machine that connects
# this allows you to tailor configurations to incoming machines. You could
# also use the %U option to tailor it by user name.
# The %m gets replaced with the machine name that is connecting.
;[pchome]
;  comment = PC Directories
;  path = /usr/pc/%m
;  public = no
;  writable = yes
[home]
path = /home/kernill
public = no
writable = no

# A publicly accessible directory, read/write to all users. Note that all files
# created in the directory by users will be owned by the default user, so
# any user with access can delete any other user's files. Obviously this
# directory must be writable by the default user. Another user could of course
# be specified, in which case all files would be owned by that user instead.
[public]
   path = /media/Stock/[ISOS]
   public = yes
   browsable = yes
   writable = no
   printable = no
[videos]
    path = /media/Stock/Videos
    public = yes
    browsable = yes
    writable = no
[Musicas]
    path = /media/Stock/Musicas
    public = yes
    browsable = yes
    writable = no
[Writable]
    path = /media/Stock/tmp
    public = yes
    browsable = yes
    writable = yes
    create mask = 0777 
[Projetos]
    path = /media/Stock/Projetos
    public = yes
    only guest = yes
    browsable = yes
    writable = no
    
# The following two entries demonstrate how to share a directory so that two
# users can place files there that will be owned by the specific users. In this
# setup, the directory should be writable by both users and should have the
# sticky bit set on it to prevent abuse. Obviously this could be extended to
# as many users as required.
;[myshare]
;   comment = Mary's and Fred's stuff
;   path = /usr/somewhere/shared
;   valid users = mary fred
;   public = no
;   writable = yes
;   printable = no
;   create mask = 0765

#10 Re: Usando o Arch Linux » Como usar corretamente o arch e pacman » 05/06/2014 18:04:01

Já tive este problema com a boost library que era atualizada mas o programa gqrx ficava para trás. Minha solução foi deixar o tempo passar e uma hora  resolveu. Na época pensei que poderia baixar manualmente a boost library antiga e colocar na pasta lib com a numeração antiga e coexistir no sistema de arquivo mas o pacman não saberia da presença desta. Não sei se dá certo, mas há distribuições que quando atualizam não apagam libs anteriores e ficam um monte de versões lib-1.1 lib-1.2 lib-1.3 sem problemas no sistema de arquivo algumas apenas apontam o link 'lib' (no exemplo) para a nova versão.
Talvez seja esta sua solução. Puxar um lib antiga e colocar manualmente no sistema de arquivo desde que (e acabei de ver de fato é) o arch use libs com os números de release. Mas se seu programa pede a lib genéricamente como 'lib.so' ao invés de 'lib-1.11.so' vai dar conflito com o link que aponta para o mais atualizado.
Talvez haja soluções melhores vamos esperar para ver se alguém aponta.

#11 Re: Usando o Arch Linux » É seguro usar o repositório AUR? » 28/05/2014 22:10:57

Essa resposta gera polêmicas porque AUR é um repositório que eu, você, 4chan e a NSA podem colocar o que quiser lá.  Mas eu uso moderadamente aplicativos AUR, inclusive este wavemon a um tempo que não sei dizer .Talvez 3 anos ou mais ...
Dicas pessoais talvez seja puxar apenas programas git, mais votados, verificar os scripts antes de aceitar.

E bem vindo ao archlinux, de fato as coisas andam mais rapidas aqui e consomem menos.

#12 Re: Dúvidas gerais » [Resolvido]Lançamento ArchLinux » 24/05/2014 21:37:44

Muito provavelmente não. Digo isto pois de uma hora para outra (hoje a noite por exemplo!) pode mudar algo e você precise fazer alguma mudança manual já que as atualizações são constantes as vezes até duas vezes em um dia.

E parabéns eu leio Mises também.

#13 Re: Dúvidas gerais » [Resolvido]Lançamento ArchLinux » 24/05/2014 21:25:46

Jonatas a unica coisa que me incomodou foi o tamanho de sua imagem se pudesse diminuir seria mais elegante. Agora quanto a sua pergunta basta instalar e atualizar que estara com um sistema novo.

Agora, isto aqui sim foi uma grande ofensa:

Ps.: Acho que além de lembrar dos conhecimentos matemáticos que esqueceu, também precisa lembrar do que esqueceu em história, sociologia e filosofia.

Ps.: Denunciei a sua mensagem como propaganda política. Ou seja, o moderador deveria apagar a sua mensagem e a minha.

#14 Re: Kernel, patch e .config » VMware Player - problemas na instalacao [RESOLVIDO] » 24/03/2014 18:09:55

Se não me engano você tem que adicionar o usuário em um grupo do vmware. Algo assim.
Agora fica a dica.... eu usei muito este vmware a um tempo atrás, mas toda hora que atualizava o Kernel eu tinha que compilar os drivers do vmware denovo e as vezes até mesmo editar os fontes destes drivers porque alguma coisa no Kernel caia em desuso e a coisa ficava toda cheia de simbolos não resolvidos.
Fui pro VirtualBox e tudo funciona perfeitamente sem dor de cabeça e inclusive ele importa os discos virtuais do vmware!

#15 Re: Dúvidas gerais » [RESOLVIDO] Configurar algum DLNA/UPnP » 30/12/2013 21:48:39

Não sei bem onde colocar este achado então colocarei aqui mesmo. E um dia desses podemos até fazer um guia sobre o assunto DLNA.
Pois bem o achado é o Linn Kinsky disponível no repositório AUR.

 yaourt -S kinsky

Este programa com interface interessante faz o contrário: Você manda os videos, musicas, imagens para a TV. Ou qualquer server DLNA.

Fábio

#16 Re: Dúvidas gerais » [Dica] Resolvendo travamentos periodicos » 26/12/2013 21:11:38

Tenho uma leve desconfiança disso. Entretanto melhorou. Curiosamente esse é um parametro com trade offs: Se aumentar o valor destes parametros o flush demorará para ocorrer, porém quando ocorrer mais bytes serão descarregados bloqueando por mais tempo a IO, mas não foi isso que aconteceu aqui. Vai entender.

Aliás gostaria de trocar um artigo interessante sobre discos e VM na IBM em português que acabei de achar:

https://www.ibm.com/developerworks/comm … 81?lang=en

Fábio

Mrk3004 escreveu:

Isso na verdade é um problema no seu disco... O cache melhora o desempenho de leitura/gravação de dados aproveitando a memória disponível (ao invés de gravas os dados, o kernel grava na memória ram, e em um momento de menos congestionamento, ele grava no HD...), ou seja, se dados em cache forem solicitados, não será necessário acessar o HD, tudo será lido a partir da RAM.

Mas se por algum momento os dados em cache na RAM forem diferentes do que estão no HD, será necessário executar uma limpeza e regravação dos dados 'sujos', quem faz isso é o kernel, automaticamente através do pdflush.

O dirt_background_bytes é uma variável que define o quanto de memória RAM (em bytes) pode conter esses dados 'sujos' antes que o pdflush seja executado, enquanto a variável dirty_bytes define o quanto cada processo pode preencher com cache 'sujo' antes de ser forçado a escrever tudo no disco em vez de continuar gravando no cache. Quando isso acontece, as gravações de todos os processos são bloqueadas, e não apenas do que encheu o cache de gravação... isso pode causar esses travamentos periódicos, onde na verdade pode ser apenas um único processo bloqueando todo o I/O do sistema...

https://www.kernel.org/doc/Documentation/sysctl/vm.txt

#17 Re: Dúvidas gerais » [RESOLVIDO] Configurar algum DLNA/UPnP » 20/12/2013 22:34:58

Inclusive o primeiro link sugere que use o https://help.ubuntu.com/community/Ps3MediaServer que lista compatibilidade com a sua TV, a minha, o PS3, Xbox, a geladeira ...

#18 Re: Dúvidas gerais » [RESOLVIDO] Configurar algum DLNA/UPnP » 20/12/2013 22:31:59

Opa! Opa! Opa!

Você não é o primeiro que reclama de arquivos que não aparecem nas TVs Sansungs:
http://askubuntu.com/questions/313275/m … nt-support
http://everydaylht.com/howtos/multimedi … amsung-tv/
http://forums.dlink.com/index.php?topic=51429.0
http://www.conrad.id.au/2012/06/quick-t … buntu.html

Veja como eu disse se o servidor em outro aparelho como Smartfone ou Tablet aparece normalmente para ver se não é a TV que esta com frescura.

#19 Re: Dúvidas gerais » [RESOLVIDO] Configurar algum DLNA/UPnP » 10/12/2013 14:50:15

Sim é meu arquivo sem modificações. Crie o usuário nobody e dê as autorizações necessárias.

#20 Re: Dúvidas gerais » [RESOLVIDO] Configurar algum DLNA/UPnP » 09/12/2013 19:54:59

Veja também se não é a TV usando por exemplo um aplicativo DLNA em um provável smartfone/tablet seu. Tem montes desses aplicativos para android e iphone. Dessa forma você poderá acessar seu servidor pelo smarfone/tablet. Talvez o próprio aplicativo da samsung tenha esta opção. O servidor DLNA também costuma aparecer no XBOX.

#21 Re: Dúvidas gerais » [RESOLVIDO] Configurar algum DLNA/UPnP » 09/12/2013 19:52:07

Segue aquivo para referência sem modificação alguma.

# port for HTTP (descriptions, SOAP, media transfer) traffic
port=8200

# network interfaces to serve, comma delimited
#network_interface=eth0,wlan0

# specify the user account name or uid to run as
user=nobody

# set this to the directory you want scanned.
# * if you want multiple directories, you can have multiple media_dir= lines
# * if you want to restrict a media_dir to specific content types, you
#   can prepend the types, followed by a comma, to the directory:
#   + "A" for audio  (eg. media_dir=A,/home/jmaggard/Music)
#   + "V" for video  (eg. media_dir=V,/home/jmaggard/Videos)
#   + "P" for images (eg. media_dir=P,/home/jmaggard/Pictures)
#   + "PV" for pictures and video (eg. media_dir=AV,/home/jmaggard/digital_camera)
media_dir=A,/media/Stock/Musicas
media_dir=VA,/media/Stock/Torrents
media_dir=VP,/media/Stock/Videos

# set this if you want to customize the name that shows up on your clients
friendly_name=Notebook

# set this if you would like to specify the directory where you want MiniDLNA to store its database and album art cache
db_dir=/var/cache/minidlna

# set this if you would like to specify the directory where you want MiniDLNA to store its log file
log_dir=/var/log/minidlna

# set this to change the verbosity of the information that is logged
# each section can use a different level: off, fatal, error, warn, info, or debug
log_level=general,artwork,database,inotify,scanner,metadata,http,ssdp,tivo=warn

# this should be a list of file names to check for when searching for album art
# note: names should be delimited with a forward slash ("/")
album_art_names=Cover.jpg/cover.jpg/AlbumArtSmall.jpg/albumartsmall.jpg/AlbumArt.jpg/albumart.jpg/Album.jpg/album.jpg/Folder.jpg/folder.jpg/Thumb.jpg/thumb.jpg

# set this to no to disable inotify monitoring to automatically discover new files
# note: the default is yes
inotify=yes

# set this to yes to enable support for streaming .jpg and .mp3 files to a TiVo supporting HMO
enable_tivo=no

# set this to strictly adhere to DLNA standards.
# * This will allow server-side downscaling of very large JPEG images,
#   which may hurt JPEG serving performance on (at least) Sony DLNA products.
strict_dlna=no

# default presentation url is http address on port 80
#presentation_url=http://www.mylan/index.php

# notify interval in seconds. default is 895 seconds.
notify_interval=900

# serial and model number the daemon will report to clients
# in its XML description
serial=314628
model_number=1

# specify the path to the MiniSSDPd socket
#minissdpdsocket=/var/run/minissdpd.sock

# use different container as root of the tree
# possible values:
#   + "." - use standard container (this is the default)
#   + "B" - "Browse Directory"
#   + "M" - "Music"
#   + "V" - "Video"
#   + "P" - "Pictures"
# if you specify "B" and client device is audio-only then "Music/Folders" will be used as root
root_container=.

#22 Re: Dúvidas gerais » [RESOLVIDO] Configurar algum DLNA/UPnP » 08/12/2013 15:11:22

Eu uso o MiniDlna com o unico problema conhecido dele não atualizar automaticamente arquivos novos ou excluídos - neste caso tenho que fazer manualmente -. Esse mediatomb eu até instalei mas muito complicado para algo que deveria ser simples.
O arquivo de configuração não é um bicho de sete cabeças.
Os equipamentos aqui são Notebook (ArchLinux) (eth0 ou wlan0) -> roteador wifi/eth -> TV Smart Sony (não da para instalar nada nela).

Comentários a parte Smart TV não vale muito apena depois que se ve os "android TVs" ... o custo beneficio final é bem melhor.

Qualquer dúvida quanto à configuração estou ai. Lembre-se que o roteador deve estar com a isolação entre clientes wifi desabilitada.

#23 Re: Listagem de programas » Escritório » 18/11/2013 19:16:23

Bem melhor que o LibreOffice.
Parecido com o microsoft office em aparência e funcionalidade.
Pouco conhecido não sei porque.

Um pacote office bom. KingSoft

http://www.kingsoftstore.com/support/pc … dusersfree

#24 Re: Instalação e configuração do sistema básico » [Dúvida]Converter instalação i686 para x86_64 sem reinstalar » 14/11/2013 15:57:24

Diz-se no site que atualizar para um kernel 64bits é algo não traumático visto que aplicações 32bits irão funcionar em 64 sem problemas.
Bom sobre a internet dependendo da instalação e do  tempo desta ainda sim seria um problema. Pois então use o PartImage que sugeri para criar uma imagem de sua instalação e pule a etapa de "fazer o ponto de restauração..." ou seja tornar tudo que esta instalado em cache.
Já usei este partimage para linux e windows e funciona corretamente.

Rodapé do site

Rodando com FluxBB