Você não está autenticado.

Anúncio

Arch Linux Brasil está precisando de sua colaboração para realizar o pagamento do domínio e do host, para colaborar, realizar doações via [email protected]

Para mais informações: [email protected]

#1 10/09/2018 21:34:02

slackbeck
Membro
Registrado: 05/09/2018
Mensagens: 9

Usando "Reflector" e "Rankmirrors" no Arch Linux

=============================================
      CLASSIFICANDO OS SERVIDORES DE ESPELHOS
         DO ARCH COM RANKMIRRORS & REFLECTOR
[Atualizado em 11/09/2018)

Texto atualizado disponível em:
https://docs.google.com/document/d/1AON … sp=sharing


Tutorial em vídeo:
https://youtu.be/ssaJEXwozx4


================ INTRODUÇÃO =================


O Rankmirrors é um script que classifica os servidores de uma lista já definida com relação ao tempo de resposta .

A lista *padrão* com servidores de espelhos do Arch é mantida pelo pacote "pacman-mirrors" que é parte da coleção maior, "pacman-contrib" mantido pela comunidade. Toda vez que o Pacman atualiza o "pacman-mirrors", é recriado o arquivo "/etc/pacman.d/mirrorlist". Se esse arquivo "mirrorlist" for personalizado, o Pacman vai criar uma arquivo "mirrorlist.pacnew", o qual vai conter uma lista de servidores atualizada do mundo todo...

No primeiro método, vamos primeiro criar uma lista de espelhos personalizada pelo site "Pacman Mirrorlist Generator" e depois classificá-los por velocidade com o script do Rankmirrors. Este processo de classificação é bastante manual; com base no site "Arch Mirror Status", você poderá ainda modificar a ordem dos servidores manualmente, dependendo do que você verificar no site do “Arch Mirror Status” e considerar bons parâmetros.

No segundo método, mais automatizado, vamos utilizar o Reflector que além de classificar os servidores de espelho por velocidade, pode utilizar outros parâmetros para filtragem como por exemplo, o quanto o servidor se encontra "populado" (ou atualizado -- veja "Completion%" disponível no site do "Arch Mirror Status"), que serve como um parâmetro de confiabilidade de um servidor.


============= ATENÇÃO -- BACKUP =============

Antes de prosseguir, faça um backup do arquivo "mirrorlist" do seu pacman. Pode-se utilizar o seguinte comando:

# cp /etc/pacman.d/mirrorlist /etc/pacman.d/mirrorlist.backup

=============================================


============= USANDO O RANKMIRRORS ==========


Dê uma conferida na qualidade dos servidores e veja quais são os "melhores" servidores com base no que você puder observar nos dados da página "Arch Mirror Status":

https://www.archlinux.org/mirrors/status/


Você poderá gerar uma nova lista com os servidores Brasileiros (ou do país que você estiver) mais recentes no site do "Pacman Mirrorlist Generator":


https://www.archlinux.org/mirrorlist/


Copie e cole o resultado gerado pelo site no arquivo "/etc/pacman.d/mirrorlist" e retirar o símbolo de tralha "#" da frente do endereço dos servidores. O Pacman lê primeiro o servidor que está no topo da lista, e depois, caso haja algum tipo de falha, vai tentar com o segundo e assim por diante.

Mas, para classificar os servidores de espelho mais rápidos, é necessário uma verificação a partir do seu lugar geográfico. Sempre que mudar de cidade, e quiser desfrutar de conexão de download rápida para atualizações ou instalações de pacotes, é bom atualizar a lista de servidores espelhos com o Rankmirrors (ou Reflector, que utiliza mais do que somente o parâmetro de velocidade).

Uma vez que você tenha modificado uma "mirrorlist" para conter somente os servidores de nosso interesse, no caso, brasileiros, vamos usar o Rankmirrors para classificar os mais rápidos dessa lista. Primeiro, vamos *verificar* o tempo “--time” de ping com cada servidor com o comando:

$ rankmirrors --time /etc/pacman.d/mirrorlist

Cada número depois do endereço do servidor indica, em segundos, o tempo de resposta, e quanto menor o número, mais rápido sua conexão com ele.

Esse procedimento serve para verificarmos as condições de cada servidor para termos uma ideia de quais os mais rápidos e quais os mais lentos com relação à nossa localização geográfica, mas ainda não foram classificados.

Para criar um arquivo com os servidores já ranqueados, vamos logar como root e pedir para o rankmirrors criar um arquivo com um nome um pouco diferente do original, por exemplo, um arquivo "mirrorlist_rank", com somente os 5 servidores mais rápidos em ordem crescente de latência de ping. Pode-se especificar com o parâmetro "-n" quantos servidores ele considerará na classificação, excluindo os restantes. Para incluir todos na classificação, utilize "-n 0".
Não se pode sobrescrever o arquivo "mirrorlist" diretamente pois ele é a fonte dos endereços dos servidores que o Rankmirrors vai usar!

*Atenção, o script do Rankmirrors precisa ser utilizado como root.


# rankmirrors -n 5 /etc/pacman.d/mirrorlist > /etc/pacman.d/mirrorlist_rank


Nesse arquivo criado, os 5 servidores com tempo de resposta mais rápidos formarão a nova lista em ordem do mais rápido ao menos rápido. Como root, poderemos deletar o arquivo "mirrorlist" original e então renomear o arquivo criado de "mirrorlist_rank" para "mirrorlist" (pode-e utilizar a interface gráfica também).


# rm /etc/pacman.d/mirrorlist

# mv /etc/pacman.d/mirrorlist_rank /etc/pacman.d/mirrorlist


Lembre-se de sincronizar o Pacman com dois "-yy" sempre que mudar de servidor de espelho!


# pacman -Syy


============= USANDO O REFLECTOR ============

O Reflector (disponível nos repositórios oficiais do Arch) classifica os espelhos por velocidade de conexão e também só usa os que estão 100% populados (de acordo com Completion% no site do "Arch Mirror Status").

Faça um teste com o Reflector para ver quantos servidores totalemente populados estão disponível em cada país:


$ reflector --list-countries


Você irá verificar que há poucos servidores no Brasil, 12 servidores hoje em 10/08/2018, mas Reflector só vai considerar os que estão 100% populados naquele momento. Portanto, não muita razão para pedirmos para classificar somente os n melhores... Vamos deixar ele classificar todos servidores brasileiros disponíveis. Para verificar a lista que será gerada com esses parâmetros, rode:


$ reflector -c Brazil


Depois, criar o arquivo com:


# reflector -c Brazil --save /etc/pacman.d/mirrorlist


Se você estiver em um país que tenha muitos servidores, poderá pedir ao reflector que faça uma lista dos 5 servidores mais rápidos "-f", que usam protocolo "-p" https (maior segurança! -- no Brasil, só o servidor da Unicamp oferece essa opção), e os 5 servidores que tenham a maior nota  "--score" com:

Verificar o que vai ser feito com:


$ reflector -c 'United States' -p https -f 5 --score 5


Depois, criar o arquivo com:


# reflector -c 'United States' -p https -f 5 --score 5 --save /etc/pacman.d/mirrorlist


=============================================
=============================================

Última edição por slackbeck (11/09/2018 14:22:06)

Offline

#2 10/09/2018 23:28:01

swatquest
Moderador
Registrado: 05/10/2010
Mensagens: 1.811

Re: Usando "Reflector" e "Rankmirrors" no Arch Linux

amigo fale com  o admin do site...

https://forum.archlinux-br.org/profile.php?id=293

Offline

Rodapé do site